Segunda, 15 de Julho de 2024
13°C 28°C
Três Lagoas, MS
Publicidade

Governo e Reflore apresentam panorama do setor florestal de MS a representantes da União Europeia

O Governo de Mato Grosso do Sul está em Bruxelas, na Bélgica, para uma série de reuniões com representantes dos países da União Europeia, a fim de ...

07/03/2024 às 16h06
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

O Governo de Mato Grosso do Sul está em Bruxelas, na Bélgica, para uma série de reuniões com representantes dos países da União Europeia, a fim de discutir os impactos da Implementação da EUDR (Regulamento de Redução do Desmatamento e Degradação Florestal) para o comércio bilateral. Nos encontros realizados nesta quinta-feira (7), trouxe à mesa importantes questões sobre comércio, meio ambiente e segurança de dados do setor florestal.

O EUDR é uma normativa da União Europeia que tem por objetivo proibir a importação e o comércio, no bloco europeu, de produtos derivados de commodities provenientes de áreas de floresta desmatadas após 31 de dezembro de 2020.

A delegação sul-mato-grossense, composta pelo secretário Jaime Verruck, da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação); o secretário-executivo de Meio Ambiente da Semadesc, Artur Falcette; o presidente da Reflore-MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), Júnior Ramires, e outros membros da Missão do Brasil na UE, participou de uma série de encontros estratégicos.

Continua após a publicidade

“Nós apresentamos, juntamente com a Reflore, os números do setor florestal em Mato Grosso do Sul de 2010 a 2023, enfatizando que a expansão registrada nesse período, tanto de florestas plantadas, quanto de grãos e cana de açúcar, não provocou o desmatamento de novas áreas, mas se deu sobre aproximadamente 4,2 milhões de hectares de áreas de pastagens que foram convertidas para novos usos”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semadesc.

A primeira reunião ocorreu com Sabina Weyand, diretora-geral da DG TRADE (Diretoria Geral de Comércio da Comissão Europeia), onde foram apresentados os dados do setor florestal de Mato Grosso do Sul e sua relevância nas exportações para a União Europeia. Foram discutidos também os impactos da EUDR na dinâmica de comércio, preocupações com a estabilidade das operações e segurança de dados sensíveis.

Continua após a publicidade

Em seguida, a delegação se encontrou com Bart De Sutter, conselheiro de Política de Desmatamento da FPS (Serviço Público Federal de Saúde, Segurança da Cadeia Alimentar e Meio Ambiente da Bélgica). O objetivo foi entender como a Bélgica está se preparando para a implementação da EUDR e discutir preocupações práticas, especialmente relacionadas à demonstração de conformidade e fiscalização.

Continua após a publicidade

Outras importantes reuniões ocorreram com representantes da Alemanha e Itália, onde foram apresentados números de exportação e discutidos os impactos da EUDR para o comércio bilateral entre os países.

O encerramento da programação contou com uma reunião com Florika Fink-Hooijer, diretora-geral da DG ENVI (Diretoria Geral Ambiental da Comissão Europeia). Durante o encontro, foram apresentados detalhes sobre o setor e discutida a implementação da EUDR, com foco na impraticabilidade dos prazos, regras de transição e segurança dos dados.

Marcelo Armôa, Semadesc

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários