Segunda, 15 de Julho de 2024
13°C 28°C
Três Lagoas, MS
Publicidade

Por proposição de Paulo Corrêa e Gleice Jane, nordestinos recebem Comenda Asa Branca

A tradição, a cultura e a alegria do povo nordestino foram celebradas em sessão solene na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9). Por propos...

10/07/2024 às 10h45
Por: Redação Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:
Honraria é alusiva ao Dia da Comunidade Nordestina em MS
Honraria é alusiva ao Dia da Comunidade Nordestina em MS

A tradição, a cultura e a alegria do povo nordestino foram celebradas em sessão solene na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9). Por proposição dos deputados Paulo Corrêa (PSDB) e Gleice Jane (PT), nordestinos e seus descendentes foram agraciados com a Comenda Asa Branca.

Filho de pai pernambucano e mãe cearense, o 1º secretário da Assembleia Legislativa destacou a contribuição da comunidade nordestina para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e do país.

“Se não fosse pelos nordestinos, não teríamos construído esta nação. Eles representam uma parte essencial de tudo que foi construído aqui no nosso Estado e no Brasil. A força de trabalho deles é a mais presente no desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Mais do que isso, nossa cultura e tradições também são influenciadas pela cultura nordestina. Por isso, nos sentimos muito honrados em fazer essa justa homenagem a esse povo arretado e que não foge da luta, sempre com um sorriso no rosto”, disse Corrêa.

Continua após a publicidade

Também descendente de nordestinos, a deputada Gleice Jane falou sobre sua admiração pelo povo nordestino. “É um povo que tem história e traz para nós essa história com muita força. Tem uma coisa que eu admiro demais no povo nordestino, que é essa capacidade de conhecer o seu território, a sua cidade e o seu Estado, além de conhecer as relações culturais e o que aconteceu naquele lugar”, afirmou.

“É uma prática importante que nós também deveríamos ter: conhecer o Estado e as histórias daqui. O Mato Grosso do Sul ainda é um Estado novo, mas tem muita história, e a gente precisa contar isso”, completou. Os deputados estaduais Roberto Hashioka (União), Caravina (PSDB) e Lidio Lopes (Patriota) participaram da solenidade.

Continua após a publicidade

“Devemos ao povo desse estado toda a nossa gratidão”

Discursando em nome dos homenageados, a professora Lurdes Batista Monteiro, do grupo Amigos das Tradições Nordestinas de Anastácio, agradeceu a honraria com um poema de sua autoria.

Continua após a publicidade

“(...) Crescemos ouvindo nossos pais, dizerem coisas como essa, somos cavalo do cão, deveras fizemos isso, para que vocês tenham compromisso, com as raízes lá do sertão! E olha nós, cá, onde estamos, felizes com esse convite, ainda há quem duvide, que lugar assim já galgamos, pois a comenda conquistamos, e aos papais que do céu nos assistem, aos pais vivos abraçamos, com a Comenda Asa Branca, e para eles também a ofertamos! Foram eles que nos proporcionaram, porque um dia nos ensinaram, a honrar o nome como herança. Com o coração encarcado, cheio de tamanha emoção, agradecemos a oportunidade, de mostrar nosso galardão. Devemos ao povo desse estado toda a nossa gratidão!”, leu Lurdes.

Apresentações culturais

A solenidade também contou com apresentação musical do Grupo Terra Seca e de dança com participação especial do Grupo Amigos de Tradições Nordestinas. Os homenageados foram apresentados de forma diferenciada, em formato de cordel, com a participação especial dos repentistas José Edson Barbosa de Morais - “Prof. Barbosa” - e Ruberval Cunha. Os cordéis foram escritos pelos poetas e cordelistas Jairo Luiz da Silva e Luiz Vicente da Silva.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários