Domingo, 23 de Junho de 2024
17°C 33°C
Três Lagoas, MS
Publicidade

Fiems investe na construção de usinas fotovoltaicas para gerar energia limpa em MS

O investimento total em energia solar nesses empreendimentos gira em torno de R$ 25 milhões

20/05/2023 às 09h09
Por: Fonte: Sistema Fiems
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Sistema Fiems dá mais um passo firme em direção à sustentabilidade por meio da geração de energia limpa e renovável. Estão sendo concluídas as obras de um complexo de usinas fotovoltaicas em Campo Grande, com capacidade total para produzir até 3,4 MWp de energia elétrica. As usinas foram instaladas em uma área no Clube do Trabalhador do Sesi, na região norte da capital.

Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o investimento na produção de energia limpa aproxima o Sistema Indústria dos conceitos de ESG (Ambiental, Social e Governança Corporativa), pois colabora para a redução das emissões de poluentes na atmosfera.

“Em Mato Grosso do Sul, 95% das nossas unidades escolares do Sesi e do Senai já estão com garantia de produção de energia fotovoltaica. Esse projeto de energia limpa é um importante passo na política do ESG”, afirmou o líder empresarial.

Continua após a publicidade

Inicialmente, a energia elétrica produzida pelas usinas atenderá a demanda dos trabalhadores do Sistema Indústria. Em seguida, pequenos consumidores no Estado poderão usufruir dessa produção por meio de aluguel.

A expectativa é que a primeira área de usinas seja ativada em junho deste ano. Outro complexo de usinas está em fase de instalação em um terreno próximo ao Clube do Trabalhador do Sesi. A meta do Sistema Fiems é produzir até 10 MWp com as duas unidades. O investimento total em energia solar nesses empreendimentos gira em torno de R$ 25 milhões.

Continua após a publicidade

*Com informações do Sistema Fiems

 

Continua após a publicidade

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários