Segunda, 15 de Julho de 2024
13°C 28°C
Três Lagoas, MS
Publicidade

Em enquete, 70% afirmam já ter sido ou conhecer vítima de violência doméstica

Mato Grosso do Sul tem a maior taxa de feminicídio do Brasil: 3,5 a cada 100 mil mulheres

14/09/2023 às 11h00
Por: Fonte: Metropolitana MS
Compartilhe:
Foto: Imagem Ilustrativa
Foto: Imagem Ilustrativa

A maioria dos leitores, 52,94%, informou na enquete da Metropolitana MS, que já foi vítima de violência doméstica. 29,41% responderam que não foram vítimas e 17,65%, afirmaram conhecer alguma vítima de violência doméstica.

Em Mato Grosso do Sul, os registros de violência doméstica, que na grande maioria das vezes as vítimas são mulheres jovens, são milhares. Em 2023, até o momento, foram registradas 13.637 ocorrências em todo o Estado, conforme dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Dados de violência doméstica por sexo e faixa-etária./Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

Continua após a publicidade

Mato Grosso do Sul tem a maior taxa de feminicídio do Brasil: 3,5 a cada 100 mil mulheres. De acordo com dados do Monitor da Violência, divulgados pelo Portal G1 no Dia Internacional da Mulher deste ano, o Estado também lidera o ranking nacional com a maior taxa de assassinatos: 8,3 a cada 100 mil mulheres.

Em nível nacional, dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública revelam que 1 mulher é vítima de feminicídio a cada 7 horas no Brasil. Seriam 3 mulheres vítimas de assassinato por dia pelo simples fato de ser mulher.

Continua após a publicidade

As estatísticas da violência contra a mulher no país aumentam substantivamente quando acrescentamos outros tipos de crimes contra a vida, como violência doméstica, estupro, lesão corporal dolosa e ameaças.

Ainda conforme o anuário, 82% dos feminicídios são cometidos pelo companheiro ou ex-companheiro da vítima. Além disso, o estudo afirma que a presença de arma de fogo na residência aumenta o risco de a mulher em situação de violência doméstica ser morta por seu parceiro.

Continua após a publicidade

Dados de violência doméstica por mês de 2023./ Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários